Principal > Notícia > Defensoras participam de comemorações e manifestações no Dia da Mulher

Defensoras participam de comemorações e manifestações no Dia da Mulher

8 de março de 2019

manifestação dia da mulher

Durante solenidade na manhã desta sexta, dia 08 de março, no Palácio da Abolição, as defensoras públicas Elizabeth Chagas, Jeritza Lopes, Ana Kelly Nantua e Monica Barroso representaram a Defensoria Pública em ato que homenageou cinco mulheres que se destacam pelo trabalho social em suas comunidades: Irmã Conceição, do Lar Amigos de Jesus, que atende crianças com câncer; Otacília Verçosa, conhecida como dona Tatá, líder comunitária do bairro Mucuripe; Lúcia Simão, uma das pioneiras em discutir questão racial no movimento da moradia; Regina Marta Albuquerque Barbosa, fundadora da Casa de Vovó Dedé e Mãe Pequena, líder dos Jenipapo-Kanindé.

WhatsApp Image 2019-03-08 at 14.14.09 Na ocasião, o governador do Estado Camilo Santana, anunciou a implantação da Casa da Mulher Cearense nas principais regiões do Estado, começando pelo Cariri. O projeto da Casa da Mulher Cearense é baseado no exemplo da casa implantada em Fortaleza, que atua no atendimento humanizado e especializado para mulheres em situação de violência, como destacou Camilo Santana.

“A ideia é seguir o modelo da Casa da Mulher Brasileira, implantada no ano passado aqui em Fortaleza, que é uma experiência do Governo Federal que o Estado assumiu. Hoje a gente administra a Casa mantendo todos os serviços reunidos – Defensoria, capacitação, Delegacia da Mulher, Ministério Público, Juizado Especial, tudo em um só ambiente para acolher e orientar as mulheres. A ideia é que a gente inicie pelo Cariri, região que tem tido um índice forte de violência contra a mulher. Nesses próximos quatro anos queremos implantar nas principais regiões do Ceará”, informou.

Screenshot_2019-03-08 Elizabeth Chagas ( elizabethchagas_) • Fotos e vídeos do Instagram(1)Também participaram do ato a primeira-dama do Estado, Onélia Santana, a secretária de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França, o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto, a secretária executiva de Mulheres, Denise Aguiar e representantes de movimentos de mulheres.

manifestaçãofortalezaDurante a tarde, as defensoras públicas Mayara Mendes e Michele Camelo acompanharam o Ato Unificado das Mulheres, por meio do Grupo de Ações Integradas de Apoio aos Eventos Promovidos por Movimentos Sociais (GAI), com objetivo assegurar a defesa do exercício da liberdade de expressão. O trajeto se inicia, às 15h, na Praça da Justiça, segue em manifestação até a Praça da Gentilândia. A Defensoria também disponibiliza, nestes casos, um telefone para caso alguém sofra alguma violação de direito. Número (85) 98878-8483.