Principal > Notícia > Defensoria do Ceará participa de reunião do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais

Defensoria do Ceará participa de reunião do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais

12 de fevereiro de 2020

corregedor1

O corregedor geral da Defensoria Pública do Ceará , Carlos Alberto Mendonça, participou durante os dias 11 e 12 de fevereiro da XLII reunião do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais das Defensorias Públicas dos Estados, Distrito Federal e União (CNCG), em Tocantins. O encontro aconteceu no auditório da sede da Defensoria Pública, em Palmas, e contou com apresentação cultural do Coral Canto Nobre, formado por servidores da instituição.

Na abertura do evento foi realizada a posse da nova diretoria do conselho, composta por corregedores dos estados de Mato Grosso, Acre, Goiás, Rondônia e Maranhão. Além destes e do Ceará, estão presentes ainda representantes das Defensorias Públicas em São Paulo, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe, União e da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep).

De acordo com Carlos Alberto Mendonça, “ao longo da reunião foram abordados temas de suma importância. Primeiro em relação ao Direito Disciplinar: Remoção Compulsória e por interesse público. Em seguida visitamos a Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, onde apresentamos ao legislativo um estudo relacionado aos advogados dativos e para falar sobre a importância de se valorizar a evolução da Defensoria no Tocantins. O encontro foi bastante rico e gerou amplos debates sobre as demandas defensoriais”, destacou o corregedor.

De acordo com a corregedora geral da DPE-TO, a defensora pública Irisneide Ferreira, as reuniões ordinárias ocorrem bimestralmente com o intuito de debater os temas institucionais afetos aos órgãos correcionais. “A intenção é promover a troca de experiências para que as corregedorias-gerais atuem na construção de uma Defensoria Pública cada vez mais forte e efetiva”, declarou Irisneide Ferreira.

Com informações da equipe de Comunicação da Defensoria de Tocantins