Principal > Notícia > Iguatu recebe 3º Encontro Defensoria na Comunidade

Iguatu recebe 3º Encontro Defensoria na Comunidade

16 de setembro de 2016

IMG-20160915-WA0016Na última terça-feira (13), a Defensoria Pública do Estado do Ceará, por meio da Ouvidoria Geral e da Coordenadoria das Defensorias do Interior, realizaram o 3º Encontro Defensoria na Comunidade, na comunidade Vila Gadelha, em Iguatu. O Encontro foi organizado junto à Associação Comunitária de Vila Gadelha e mobilizou cerca de 35 moradores da comunidade. O programa, idealizado após a realização do I Orçamento Participativo da Defensoria, tem intuito de aproximar a atuação dos defensores dos problemas das comunidades, estreitando o diálogo e efetivando a garantia de direitos da população.

Os defensores públicos Lara Teles e Paulo Bezerra, da comarca de Iguatu, juntamente com a ouvidora externa da instituição, Merilane Pires Coelho, explicaram durante o encontroa missão da Defensoria Pública, como solicitar atendimento e escutaram as demandas coletivas, entre elas, a ausência de medicamentos nos postos de saúde, a falta de ambulância e a estrutura bastante precária da escola próxima a comunidade.

A defensora pública Lara Teles explica que o momento é oportuno tanto para a instituição como para as comunidades. “Um encontro faz com que o defensor vá até as pessoas e veja de perto os problemas delas, pois muitas vezes aquele problema não chegaria à instituição. Ajuda também porque dá amplitude a missão da Defensoria, pois algumas pessoas sequer sabem que podem contar com a Defensoria Pública ou outro órgão na defesa da IMG-20160915-WA0012violação de seu direito. Acredito que é projeto muito importante porque o defensor público tem que ser um profissional extramuros, ou seja, ele não pode ficar dentro de um gabinete, só no Fórum. O defensor tem que ter um pé dentro do gabinete e o outro na rua para poder conhecer quais os reais problemas das pessoas”.

Após o atendimento das demandas coletivas, os defensores receberam os moradores da comunidade individualmente para realizar os atendimentos individuais, nas áreas de família, consumidor, saúde, entre outros. “Tudo o que foi constatado foi registrado em ata, oficiamos a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Educação e pedimos esclarecimentos para que nós possamos tentar uma resolução extrajudicial”, completa.

Os Encontros Defensoria na Comunidade são realizados por meio de contato com a Ouvidoria Geral Externa da instituição, que pode ser contatada pelo e-mail ouvidoria@defensoria.ce.def.br ou por meio do telefone (85) 3278-7307