Principal > Notícia > Nudem promove roda de conversa sobre violência doméstica em Maranguape

Nudem promove roda de conversa sobre violência doméstica em Maranguape

13 de março de 2019

WhatsApp Image 2019-03-12 at 15.47.43

O Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Nudem) realizou, nesta terça-feira (12), uma roda de conversa na Associação de Mulheres Idosas do município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. A atividade de educação de direitos teve como base a Lei 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha. Foram repassadas orientações acerca da violência doméstica e familiar e formas de prevenção e combate.

A defensora pública Jeritza Braga, supervisora do Nudem, explica que a proposta é que as mulheres conheçam os direitos e multipliquem para a toda a comunidade. “Essas ações são de extrema importância. A própria Lei Maria da Penha traz que enfrentar, erradicar e prevenir a violência doméstica deve se dar também através da educação em direitos. Vir a Maranguape, nesse sentido, foi um momento rico. Ouvimos muitos relatos de violência contra a mulher na comunidade, então foi importante mostrar sobre que existe uma rede de proteção, qual o papel da mulher para enfrentar a desigualdade de gênero na nossa sociedade”, afirma Jeritza. Também estiveram presentes Érica Chaves, da Coordenadoria de Mediação Social, Justiça Restaurativa e Cultura de Paz, da Vice-Governadoria do Ceará, e a psicóloga do Nudem, Úrsula Malveira.

WhatsApp Image 2019-03-12 at 15.55.40A palestra integra a programação articulada pelo Nudem alusiva ao mês de março, quando se celebra o Dia Internacional da Mulher (último dia 8). Por isso, as ações continuam ao longo de todo este mês. Nesta quarta-feira (13), haverá palestra no Cartório Aguiar, no bairro Aldeota. Na semana seguinte, dia 22 de março, ocorre roda de conversa com mulheres no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Conjunto Esperança. Outra palestra está marcada para o dia 26 de março, na faculdade Unichristus, sobre violência doméstica.

O projeto Defensoria em Movimento também vai somar às ações. Nos dias 27, 28 e 29 de março, a ação itinerante estará no bairro Granja Portugal para prestar atendimento jurídico gratuito às mulheres, além de ações de educação em direitos. O caminhão ficará estacionado na Avenida José Torres, próximo ao nº 1128 (esquina com Rua Humberto Lomeu – final da linha da Topic 54). O serviço ocorre das 8h às 12h. Também serão organizadas rodas de conversa em equipamentos públicos nos bairros Conjunto Ceará e Granja Portugal.

“É um mês emblemático, de luta e resistência. Estamos longe da igualdade e do respeito, precisamos lembrar dessas lutas todos os dias de nossa vida. E escolhemos março para fortalecer essas questões, conclui a defensora pública Jeritza Braga.