Principal > Notícia > Crianças de acolhimentos ganham tarde de diversão e aventura em parque

Crianças de acolhimentos ganham tarde de diversão e aventura em parque

6 de outubro de 2017

Crianças de acolhimentos ganham tarde de diversão e aventura em parque  IMG_0074   Risos, diversão, aventuras, guloseimas, lanche da tarde, brincadeiras, demonstrações de carinho, interação. A alegria no rosto de criança. O Núcleo de Defesa dos Direitos da Infância e da Juventude (Nadij) da Defensoria Pública do Estado do Ceará fez a primeira programação especial deste ano comemorativa ao Dia das Crianças dentro do projeto Defensoria Amiga dos Abrigos. Com o tema “Os livros mudam as pessoas”, trinta crianças de três acolhimentos puderam se divertir na tarde desta quinta-feira (05.10), no Parque Engenhoca, em Aquiraz.

Os defensores públicos do Nadij, Adriano Leitinho e Ana Cristina Teixeira Barreto, acompanharam as crianças dos Acolhimentos 2 e 4 e do Lar Pequeno Nazareno nas atividades extras que saíram da rotina dos meninos e meninas. “Programações como esses são importantes porque são uma oportunidade para que as crianças e os adolescentes das unidades de acolhimento possam interagir com outras crianças, ver uma nova realidade, ver que o mundo oferece muitas outras coisas além das paredes das unidades de acolhimento e serve até mesmo para estimular no seu desenvolvimento para que eles se tornem adultos autônomos e felizes, já que o lazer é importante também para o desenvolvimento do pensar e da inteligência. Então, através dessas brincadeiras, o cérebro da criança e do adolescente também é trabalhado para que ele possa se tornar um adulto realmente capaz e apto de andar com suas próprias pernas”, ressalta o supervisor do Nadij, Adriano Leitinho.

IMG_0004    A monitora Leila Mara Oliveira Mendes, do Acolhimento 2, acredita que o passeio vem para melhorar o desempenho das crianças. “É um momento maravilhoso, um local diferente, nenhuma das meninas que vieram tinham vivenciado um passeio desse tipo. Por isso, é uma oportunidade muito boa, até para melhorar o dia a dia no Acolhimento, pois traz mais alegria e estimulo. A gente sempre fala sobre a questão do direito ao lazer, mas que elas também tem que saber se comportar, ter respeito. Este dia vai fazer com que elas sempre lembrem que tem que fazer o possível para em uma próxima oportunidade ela participe de novo”, finaliza.

Durante a tarde de diversões era possível notar a empolgação de querer viver tudo intensamente. “Tia, quero ir no barco”, “Eu quero voar na tirolesa”, “Eu dei um mortal no pula-pula de cordas (bungee-jump), quero ver se tu também consegue”, diziam uns aos outros, animados. E nem o medo do começo impediu o divertimento: “tive muito medo quando tava lá em cima da tirolesa, fiquei toda me tremendo, era muito alto e a gente ficava presa só por uma cordinha. Mas, agora já desci três vezes”, disse a pequena Joana*, de 8 anos. Para Joaquim*, de 5 anos, a interação com a natureza e com os animais foi o que mais surpreendeu. “Eu tenho medo desses brinquedos altos, mas adorei as vacas. Nunca tinha visto uma vaca tão grande de perto”.

Ao final do dia uma cena emocionando ao defensor público Adriano Leitinho anunciar que estava indo embora, Renato*, de 4 anos, correu e deu um abraço cheio de gratidão e disse“tio, muito obrigado”. “São atitudes como essa, que nos motivam a continuar lutando diuturnamente pela garantia de direitos das crianças e jovens do Ceará”, disparou o defensor.

A Defensoria Pública do Estado do Ceará continua com a campanha “Os livros mudam as pessoas” com a arrecadação de livros que serão doados para os acolhimentos e a realização de outros passeios. Uma grande gincana será realizada no dia 11 de outubro com todos os acolhimento na Fanor.